Albufeira

Britânico de 61 anos morre após atropelamento e fuga em passadeira em Albufeira

Um britânico de 61 anos que foi atropelado na madrugada desta segunda-feira acabou por morrer. O condutor responsável pelo atropelamento já foi identificado pelas autoridades depois de ter fugido.

Ant

Um homem de nacionalidade britânica morreu na madrugada desta segunda-feira após um atropelamento seguido de fuga numa passadeira na principal avenida de Albufeira, distrito de Faro, disse à Lusa fonte do comando de Faro da GNR.

De acordo com a mesma fonte, o homem, de 61 anos, que estava acompanhado do filho de 22 anos, ainda foi transportado para o Centro Saúde de Albufeira, mas acabou por morrer. O condutor responsável pelo atropelamento foi identificado e detido pelas autoridades, por ordem judicial, depois de ter sido localizada a viatura, acrescentou a GNR.

O acidente aconteceu às 00h25, na Avenida dos Descobrimentos, numa passadeira junto ao MacDonald’s de Albufeira, tendo provocado o corte de trânsito no sentido oeste-este. No local estiveram dez militares da GNR, apoiados por cinco viaturas, e também elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e dos Bombeiros de Albufeira.

No local esteve ainda o Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV). O corpo da vítima foi depois transportado para o Instituto de Medicina Legal de Portimão. Este foi o segundo atropelamento mortal na Avenida dos Descobrimentos, em Albufeira, no espaço de 24 horas. No domingo ao início da manhã uma idosa de 80 anos também morreu quando atravessava outro ponto da avenida.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Serviço Nacional de Saúde

António Costa enganou-se

Bruno Bobone

Em nome de preconceitos ideológicos está a pôr-se em causa a qualidade e sustentabilidade do SNS, pois todos os hospitais PPP oferecem um serviço de qualidade, conforme comprovou o próprio Ministério.

Crónica

Amorfo da mãe /premium

José Diogo Quintela

O Governo deve também permitir que, no dia seguinte ao trauma que é abandonar a criança no cárcere escolar, o progenitor vá trabalhar acompanhado pelo seu próprio progenitor. Caso precise de colinho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)