O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, retomou esta segunda-feira funções, depois de ter sido submetido a uma segunda intervenção cirúrgica pulmonar no dia 4 e substituído no cargo por Jorge Lacão. De acordo com o gabinete de Ferro Rodrigues, o presidente da Assembleia da República já admitiu cinco projetos de lei, 12 projetos de resolução e uma proposta de lei do Governo.

O presidente da Assembleia da República foi submetido no dia 4 deste mês, “com sucesso”, a uma nova intervenção cirúrgica pulmonar. Na passada terça-feira, Ferro Rodrigues teve alta hospitalar depois desta segunda intervenção cirúrgica ao pulmão, tendo agradecido as “inúmeras manifestações de solidariedade” que recebeu durante o seu internamento.

Tal como a primeira cirurgia, realizada no dia 21 de março, a segunda operação decorreu no Hospital Pulido Valente, em Lisboa. Ferro Rodrigues voltou a ser substituído nas funções de presidente da Assembleia da República pelo vice-presidente eleito pelo PS, Jorge Lacão. Em ambas as operações, o presidente da Assembleia da República voltou ao trabalho pouco mais de uma semana depois.

Na altura em que foi anunciada a primeira intervenção cirúrgica, o gabinete de Ferro Rodrigues — a segunda figura na hierarquia do Estado – admitia já a possibilidade de uma posterior intervenção no outro pulmão, em função da avaliação clínica, o que veio a concretizar-se.