A Presidente de Malta, Marie-Louise Coleiro Preca, defendeu esta terça-feira, em Lisboa, uma abordagem global ao fenómeno das migrações, “baseada nos direitos e centrada nas pessoas”.

“Temos de continuar a promover o melhor interesse dos indivíduos e famílias migrantes, através de uma abordagem baseada nos direitos e centrada nas pessoas”, disse a chefe de Estado maltesa à imprensa após um encontro com o Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa. Uma abordagem “especialmente sensível às vulnerabilidades enfrentadas pelas crianças e mulheres”, acrescentou.

Coleiro Preca, que em setembro foi a anfitriã de um encontro do Grupo de Arraiolos, que reúne presidentes não-executivos da União Europeia, em que as migrações foram um tema dominante, voltou a saudar a proximidade de prontos de vista com Portugal sobre a matéria. “Ambos compreendemos que é uma questão global e, como tal, exige uma resposta global”, dirigindo-se a Marcelo Rebelo de Sousa e sublinhando a “necessidade de um esforço internacional unido para lidar com as migrações na sua origem de forma respeitosa e dignificante”.

Marie-Louise Coleiro Preca realiza esta terça e quarta-feira uma visita de Estado a Portugal, a primeira de um Presidente de Malta.