António Costa

Costa diz que Estados Unidos têm dado um contributo negativo à paz mundial

272

O primeiro-ministro disse que os EUA não têm contribuído para a paz mundial e defendeu que a Europa deve assumir-se como uma voz alternativa e um fator de estabilidade e paz no Mundo.

JOSÉ COELHO/LUSA

O primeiro-ministro, António Costa, declarou esta quarta-feira que os Estados Unidos têm dado “um contributo negativo” à paz mundial, e defendeu que a Europa deve assumir-se como uma voz alternativa e um fator de estabilidade e paz no Mundo.

“O Mundo cada vez mais precisa de uma Europa forte, que seja uma voz alternativa e que seja um fator de estabilidade, de paz, progresso e solidariedade neste Mundo onde se vão multiplicando os fatores de crise e de tensão e onde os EUA não têm dado um bom contributo, para não dizer um contributo negativo”, disse o primeiro-ministro português à saída da reunião do Partido Socialista Europeu, em Sófia (Bulgária).

António Costa reagia assim à mensagem escrita pelo Presidente do Conselho Europeu na rede social Twitter. “Hoje, estamos a assistir a um novo fenómeno: a assertividade caprichosa da administração norte-americana. Quando observamos as últimas decisões do Presidente [Donald Trump], podemos questionar-nos: com amigos destes, quem precisa de inimigos?”, escreveu esta quarta-feira Donald Tusk.

O primeiro-ministro vai participar esta noite num jantar informal, organizado pelo primeiro-ministro da Bulgária, Boyko Borissov, que ocupa a presidência semestral da União Europeia, no qual os 28 irão discutir temas como o acordo nuclear do Irão, as taxas alfandegárias norte-americanas às importações de aço e de alumínio, das quais a UE está provisoriamente isenta, ou os recentes acontecimentos na Faixa de Gaza.

“Espero que possamos sair com uma posição forte, clara e inequívoca da parte da UE que ajude a consolidar as condições que estavam a ser desenvolvidas para criar melhores condições para a paz no mundo”, rematou. António Costa está em Sófia para participar na Cimeira União Europeia-Balcãs, a primeira do género dos últimos 15 anos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

A hipocrisia das casas da esquerda /premium

Filomena Martins
190

Costa fez negócios de especulação imobiliária com idosos que tanto criticou. Iglesias comprou um chalet de luxo e violou o código de ética que impôs no Podemos. É a hipocrisia moralista da esquerda.

Europa

Falta de confiança  /premium

Manuel Villaverde Cabral

Por todo o lado são cada vez mais os eleitores que se abstêm ou que se viram para os «populistas» que tudo prometem e, até agora, não conseguem mais do que piorar as coisas, aumentando a instabilidade

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)