Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O guarda-redes da Juventus, Gianluigi Buffon, confirmou o que já tinha anunciado há um ano: que o jogo de sábado frente ao Verona será o último que disputa com a camisola do campeão italiano. Bufffon recuou, no entanto, na ideia de acabar a carreira. “Até há 15 dias estava decidido em parar de jogar, mas recebi várias propostas e projetos muito interessantes. Depois de dois ou três dias de reflexão irei tomar uma decisão. Vou escolher de acordo com a minha alma e a minha natureza.”

De acordo com a imprensa italiana, o que Buffon classifica de “propostas interessantes” são convites do Real Madrid, do PSG e do Liverpool. O guarda-redes terá recebido ofertas de clubes dos EUA, do futebol chinês e até do argentino Boca Juniors.  O italiano com mais internacionalizações de sempre (176) terá tido também uma proposta do Sporting que, já antes da confusão em Alcochete, ponderava vender Rui Patrício ao Nápoles.

Buffon está na Juventus desde 2001 e foi campeão de Itália nove vezes pelo clube de Turim. O guarda-redes tem ainda um título da serie B, a segunda divisão, quando a “Juve” foi despromovida na sequência de um escândalo de corrupção.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR