Pornografia Infantil

Maior operação de combate à pornografia no Brasil resulta na prisão de 100 pessoas

Na maior operação de combate do Brasil, 2,6 mil polícias de todo o país estão a fazer a apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

Antonio Lacerda/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A maior operação de combate à pornografia infantil no Brasil já resultou na prisão de 100 pessoas, de acordo com informações do Ministério Extraordinário da Segurança Pública, divulgou esta quinta-feira a imprensa brasileira. Segundo o portal eletrónico de notícias G1, estão a ser cumpridos 578 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal (Brasília) e em outros 24 estados, entre os quais São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

A ação, intitulada ‘Luz na Infância 2’, é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública e realizada pelas polícias civis de cada estado. Ao todo, 2,6 mil polícias de todo o país estão a fazer a apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.

Os suspeitos também estão a ser detidos em flagrante. Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública com base em dados recolhidos em ambientes virtuais. A operação está a ser realizada às vésperas do Dia Nacional de Combate à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

De acordo com o G1, parte dos presos é reincidente no crime, mas a maioria nunca havia sido detida, sobretudo devido à dificuldade de rastrear esse tipo de material. Na primeira fase da operação ‘Luz na Infância’, realizada a 20 de outubro de 2017, foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Nesta altura, 112 pessoas foram presas.

De acordo com a Polícia Civil, o nome da operação foi escolhido em referência à ação metafórica de incidir luz sobre a infância. “Os acusados deste tipo de delito agem às sombras da internet e devem ter suas condutas elucidadas e julgadas”, referiu ainda a polícia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Europa

Falta de confiança  /premium

Manuel Villaverde Cabral

Por todo o lado são cada vez mais os eleitores que se abstêm ou que se viram para os «populistas» que tudo prometem e, até agora, não conseguem mais do que piorar as coisas, aumentando a instabilidade

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)