BMW

O que se passa? Agora, a BMW dá dicas à Tesla?

A BMW ainda está a alguns anos de surgir com os primeiros veículos eléctricos da nova geração, que pretende vender em quantidade. Mas daí a dar dicas para melhorar a produção do Tesla Model 3...

BMW e Tesla competem no mesmo segmento de luxo e se a marca americana é exclusivamente eléctrica, a alemã promete investir cada vez mais nesta tecnologia. Ainda assim, os seus veículos 100% eléctricos para produção em massa – uma vez que o i3 era demasiado sofisticado e, por isso mesmo, caro – estão a alguns anos de distância, nomeadamente o i4 e o iX3. Talvez por isso, os responsáveis pela BMW se tenham dado ao luxo de dar uma dicas ao fabricante americano, cuja experiência na fabricação de automóveis é muito inferior – o Model S surgiu apenas em 2012 –, especialmente agora que a Tesla decidiu enveredar pela produção em grande volume, uma vez que pretende fabricar 500.000 unidades por ano do Model 3.

A Tesla tem apreendido com os erros, mas este é sempre um processo lento, além de dispendioso e que não favorece a imagem do construtor junto do público e dos investidores. Elon Musk já veio a público recentemente afirmar que cometeu alguns erros na concepção da linha de produção do Model 3, apostando demasiado na automatização, quando deveria recorrer em algumas áreas mais ao trabalho humano, sempre mais versátil. Ora, agora que a BMW começa a lidar com a produção em massa de veículos eléctricos, o responsável pela produção da empresa alemã, Oliver Zipse, decidiu partilhar com o mercado que “produzir carros em ciclos de 60 segundos é um factor decisivo, mas avançar para um processo totalmente automático não é o nosso objectivo, pois preferimos recorrer igualmente aos funcionários, cuja flexibilidade é imbatível”.

Mas Zipse foi mais longe na partilha de conclusões, referindo que “talvez exista uma maior liberdade de acção quando falamos de veículos acima dos 100.000€, mas assim que entramos no segmento dos modelos mais acessíveis, como o Série 3 ou 5, manter os custos de produção dentro dos objectivos é fundamental e não se podem admitir ineficiências”.

Além dos BMW i4 e iX3, o grupo de Zipse vai produzir o Mini Electric, que será potencialmente o veículo de maior produção e um dos mais baratos, pelo que será sobre este que vai incidir a atenção do perito em produção. Como todas estas afirmações vão ao encontro das conclusões da Tesla, para tentar emendar os erros cometidos no Model 3, a BMW acaba por ajudar a colocar a marca americana no bom caminho. Pelo meno, confirmando que as recentes decisões estão, finalmente, correctas.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)