O premiado realizador iraniano Asghar Farhadi, autor de “Uma separação” e “O vendedor”, vai estar em junho no Festival Novos Realizadores, Novo Cinema (FEST), que decorrerá em Espinho, anunciou esta segunda-feira a organização. O cineasta participará num dos programas paralelos do festival, o Training Ground, uma secção educativa com debates e aulas para “cineastas emergentes”.

A 14.ª edição do FEST decorrerá entre 18 e 25 de junho, cerca de um mês depois de Asghar Farhadi ter estreado o filme “Todos lo saben” na abertura do festival de cinema de Cannes, em França. Asghar Farhadi, 46 anos, argumentista e realizador, tem um percurso de duas décadas na realização de cinema e televisão, com grande parte dos filmes a integrarem festivais e a serem premiados no Ocidente.

“Todos lo saben”, rodado em Espanha e protagonizado por Javier Bardem e Penélope Cruz, é o mais recente filme de Farhadi e teve estreia mundial no início de maio no festival de Cannes, onde integrou a competição oficial. Anteriormente rodou, entre outros, “Uma separação” (2011), “O passado” (2013) e “O vendedor” (2016), todos eles estreados em Portugal e premiados internacionalmente, nomeadamente em Cannes e em Berlim.

Farhadi é dos poucos realizadores que foram distinguidos duplamente com um Óscar de melhor filme estrangeiro, pelos filmes “Uma separação” e “O vendedor”, embora o realizador se tenha recusado a ir aos Estados Unidos receber o galardão deste último, em protesto pelas medidas anti-imigração de Donald Trump.

Além de Asghar Farhadi, este ano no campo de treino do festival de Espinho estarão outros nomes da área como os argumentistas britânicos Christopher Hampton e David Seidler, o realizador norte-americano Roman Coppola, a produtora Polly Duval e a editora Gabriella Cristiani.

Outro dos eventos paralelos do festival é o FEST – Pitching Forum, onde os realizadores têm oportunidade de apresentar projetos a agentes do setor, como produtores e financiadores. Em edições anteriores, o Training Ground contou com a presença de nomes como o cineasta húngaro Béla Tarr, o diretor de fotografia Ed Lachman, a atriz Melissa Leo e o ‘designer’ Allan Starski.