Quinze pessoas ficaram feridas numa explosão provocada por uma bomba na cidade canadiana de Mississauga. A explosão ocorreu por volta das 22h30 (hora local), no restaurante indiano Bombay Bhel. De acordo com as autoridades, o engenho explosivo artesanal foi colocado no local por dois homens, que fugiram.

A explosão feriu 15 pessoas, três delas com gravidade, de acordo com os serviços de emergência locais. “Transportámos três pessoas para hospitais. Diria que estavam numa situação crítica devido aos ferimentos provocados pela explosão”, declarou o paramédico Joe Korstanje, citado pelos media canadianos.

Testemunhas no local, como o vizinho Andre Larrivee, descreveram um “som muito alto” no momento da explosão. “Havia uma festa de aniversário de uma criança. Tudo ficou destruído, muito sangue no chão. Muita gente aos gritos a tentar fugir do restaurante”, descreveu o estudante brasileiro Rafael Conceição, que estava na esplanada de um restaurante ao lado do Bombay Bhel, à estação de televisão CBC.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A polícia declarou entretanto que, ao que tudo indica, a explosão foi provocada por dois homens na casa dos 20 anos que fizeram detonar um engenho explosivo improvisado, colocado pelos próprios dentro do restaurante. Os dois abandonaram depois o local. “Esta é uma praça movimentada e temos esperança que alguém possa ter visto alguma coisa ou até mesmo filmado o incidente”, declarou a força policial local.

As autoridades divulgaram entretanto uma fotografia, aparentemente retirada das imagens das câmaras de segurança, dos dois homens.

As estradas perto da zona do incidente foram cortadas e, de acordo com o jornal local Mississauga News, há uma forte presença de polícia armada no local, que deverá manter-se perto do restaurante durante esta sexta-feira.

A cidade de Mississauga é a sexta maior cidade do Canadá, a cerca de 30 km de Toronto, onde há um mês um homem atirou uma carrinha contra a multidão, matando 10 pessoas e ferindo outras 15.

Canadá. Carrinha atropela várias pessoas em Toronto e faz dez mortos