Mundo

Mundo produzirá 54 milhões de toneladas de lixo eletrónico em 2025

O mundo deverá gerar 53,9 milhões de toneladas de resíduos eletrónicos em 2025, caso continue o crescimento atual de 3% ao ano desse material.

STR/EPA

O mundo deverá gerar 53,9 milhões de toneladas de resíduos eletrónicos em 2025, caso continue o crescimento atual de 3% ao ano desse material, segundo um relatório do Gabinete Internacional de Reciclagem divulgado esta segunda-feira. O relatório foi apresentado pela associação internacional, que junta empresas de reciclagem de 70 países, no início da Cimeira Mundial da Reciclagem que se realiza em Barcelona.

No documento assinala-se que é provável que o crescimento mais rápido se registe na região Ásia-Pacífico, onde os resíduos eletrónicos passariam dos 3,6 quilos por habitante em 2016 para cinco quilos em 2025. Intitulado “Estatísticas sobre o crescimento nacional de resíduos eletrónicos e o movimento de lixo eletrónico entre países”, o trabalho foi feito por uma equipa de especialistas da Universidade de Harokopio, de Atenas.

Juntando dados de 180 países, afirma-se no relatório que a produção mundial de lixo eletrónico “aumentou mais de 30% em menos de uma década”, e admite-se que com o aumento da população a produção de resíduos por pessoa aumente cerca de 20% em todo o mundo, passado dos 5,6 quilos para os 6,7 quilos por habitante e por ano. A cimeira decorre até quarta-feira, com a presença de quase um milhar de empresas de mais de 70 países.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Mundo

Delitos de Opinião

António Cruz Gomes

Parece chegado o momento premente dos “Políticos” de cada País determinarem o que deve mudar para salvação do Mundo e preservação da nossa descendência.

Winston Churchill

A arrogância da ignorância /premium

João Carlos Espada

Como devemos interpretar que um dirigente do segundo maior partido britânico venha dizer em público que o líder do mundo livre durante a II Guerra, Winston Churchill, foi um “vilão”?

Winston Churchill

A arrogância da ignorância /premium

João Carlos Espada

Como devemos interpretar que um dirigente do segundo maior partido britânico venha dizer em público que o líder do mundo livre durante a II Guerra, Winston Churchill, foi um “vilão”?

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)