Com o verão à porta, e as elevadas temperaturas que o acompanham prestes a picar o ponto, a CNN selecionou as 12 cidades mais indicadas, no mundo, para ir a banhos. A curiosa seleção — que foge à lista óbvia de locais paradisíacos, o poiso ideal da estação — inclui Lisboa, que aparece em sétimo lugar. As praias da linha de Cascais estão em destaque, com a publicação norte-americana a levar os turistas ao encontro de Marcelo Rebelo de Sousa, presidente português que não dispensa mergulhos no mar cascalense. No “top 3” deste ranking estão Copenhaga, na Dinamarca, Zurique, na Suíça, e Londres, em Inglaterra.

A “capital muito na moda”, tal como Lisboa é descrita por este meio, tem fáceis acessos a mergulhos. A linha de comboio que une o centro da cidade à vila de Cascais é “abençoada por vastas extensões de areia e por ondas em tom turquesa”, escreve a CNN. Mas para quem dispensa a viagem de comboio, a publicação norte-americana aconselha os autocarros disponibilizados pelo Inspira Santa Marta hotel, que leva os interessados à praia de Carcavelos e ao Guincho.

Copenhaga, a cidade rodeada de água, lidera as preferências, com a CNN a dar destaque à Amager Beach Park, uma ilha artificial que se estende ao longo de dois quilómetros e é dotada de um lago calmo, ideal para a prática de paddle. Mas os mergulhos também podem ser dados, a título de exemplo, no porto da ilha Brygge.  Já Zurique tem 18 locais oficiais para ir a banhos.

Londres, muito ao contrário do que possamos pensar, também está dotada de várias piscinas — já que nadar no rio Tamisa pode não ser das melhores das ideias. Exemplo disso são as infraestruturas disponíveis no Hampstead Heath.

Em fotogaleria, conheça as restantes cidades selecionadas pela CNN.