O brasileiro Marcel Matz é o novo treinador de voleibol do Benfica, substituindo no cargo José Jardim, que assumirá funções de diretor desportivo, depois de mais de três décadas como técnico e jogador.

Marcel Matz, de 38 anos, chega ao Benfica proveniente dos brasileiros do Vólei Canoas, depois de ter sido adjunto no Ulbra, CIMED-Florianópolis, Medley Campinas e SESI SP, e ainda nos japoneses do Suntory Sunbirds. O técnico, que foi também jogador, entre 1990 e 2002, teve ainda experiência como treinador adjunto na seleção brasileira de sub-21, entre 2008 e 2011, período em que conquistou o título mundial, em 2009.

O brasileiro substitui Jardim, que no Benfica conquistou, como treinador, cinco campeonatos (2004/05, 2012/13, 2013/14, 2014/15 e 2016/17), oito Taças de Portugal (2004/05, 2005/06, 2006/07, 2010/11, 2011/12, 2014/15, 2015/16, 2017/18), e seis Supertaças (2010/11, 2011/12, 2012/13, 2013/14, 2014/15 e 2015/16).

“O professor Jardim deixa de ser o treinador principal do Sport Lisboa e Benfica, mas não deixa de estar connosco. Vai ter um trabalho muitíssimo importante, de grande relevância, no presente e sobretudo no futuro, que é a liderança técnica de todo o universo do voleibol do clube, que na próxima época irá preencher todos os escalões no masculino e no feminino”, revelou o vice-presidente do Benfica Domingos Almeida Lima, em declarações à página oficial do clube.

O novo treinador é apresentado esta tarde, em conferência de imprensa no Estádio da Luz, às 16h.

Esta temporada, o Benfica falhou a revalidação do título no campeonato, conquistado pelo Sporting na época em que regressou à competição, depois de 22 anos de ausência. As ‘águias’ conquistaram a Taça de Portugal, batendo na final o Castelo da Maia.