Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Porto, Benfica e Sporting estão a ser investigados pelo Ministério Público por haver suspeitas de que os clubes podem estar envolvidos em crimes de corrupção para influenciar resultados de partidas disputadas na primeira liga do futebol português. O Jornal de Notícias escreve que há ainda um Rio Ave-Feirense na mira da Justiça, totalizando em oito as partidas sob investigação.

Jogadores das equipas adversárias abordados para facilitar a tarefa nos embates diretos e combinação de resultados para ganhar vantagem nas apostas desportivas são as suspeitas que dirigem os trabalhos dos inspetores da Polícia Judiciária, numa fase em que Porto (com o caso “Estorilgate”), Benfica (“Caso dos e-mails”) e Sporting (“Cashball”) estão declaramente sob suspeita das autoridades devido a alegada viciação de resultados. Cada um das equipas já negou o envolvimento em ações de corrupção.

Estão a ser investigadas duas partidas do Benfica (com o Rio Ave e com o Marítimo), quatro do Sporting (com o Setúbal, Guimarães, Feirense e Moreirense) e uma do Porto (com o Estoril, que terminou 37 dias depois do apito inicial).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR