A etapa de Detroit da Indy, disputada no último fim-de-semana, proporcionou um momento insólito para os milhões de espectadores que acompanhavam a prova através da transmissão televisiva e in loco. Tudo porque o início da segunda corrida sofreu um ‘ligeiro’ atraso. Nada de novo, salvo o motivo que o justificou: o pace car estampou-se no muro do circuito, situação que levou as voltas de aquecimento a serem interrompidas, adiando assim a partida em 27 minutos.

Aos comandos do Corvette ZR1, que ficou desgovernado na curva 2, estava Mark Reuss, o vice-presidente da General Motors, que não é propriamente um novato nestas lides.

Perante o “bizarro” da cena, nas palavras dos comentadores da prova, não tardou muito até que a página de Reuss na Wikipedia fosse actualizada com este episódio. Mark Reuss, na sua página do Facebook, pediu desculpa.