Jorge Jesus viajou na manhã desta terça-feira para Arábia Saudita, avança o jornal Record. O treinador do Sporting embarcou por volta das 7h05 rumo a Riade, capital do país, com o objetivo de discutir os termos do contrato com o Al-Hilal, clube que tem sido apontado nos últimos dias como o seu próximo clube.

A viagem servirá também para perceber quais as condições de trabalho do clube saudita e, depois disso, o técnico tomará uma decisão final quanto à mudança para treinar pela primeira vez fora de Portugal. Se aceitar a proposta, Jorge Jesus terá à sua espera um contrato de um ano, com um salário de sete milhões de euros limpos por ano, mais dois por objetivos.

De referir que, no dia seguinte à derrota do Sporting na Madeira frente ao Marítimo que atirou a equipa para o terceiro lugar, o presidente leonino terá manifestado a Jesus que, três anos depois, o seu caminho em Alvalade teria chegado a um fim de linha, após falhar a Liga dos Campeões (ou a terceira pré-eliminatória de acesso à fase de grupos). Nos últimos dias tem sido noticiado que o treinador vai abandonar o Sporting por mútuo acordo, abdicando da massa salarial que iria auferir em 2018/19. O pré-acordo que tem com a SAD prevê que receba só o mês de junho, ficando depois livre para abraçar um novo projeto profissional.

Durante os três anos que esteve no Sporting, Jorge Jesus ganhou uma Supertaça e uma Taça da Liga. No campeonato, o treinador ficou uma vez em segundo lugar e duas vezes em terceiro.

Jorge Jesus pode estar de saída, William a caminho de Inglaterra (e sem rescisão)