Daimler

Mercedes persegue a Tesla com camiões eléctricos

No capítulo dos veículos pesados, a Mercedes é uma referência. Agora veio a público anunciar uma série de camiões eléctricos, respondendo ao Semi da Tesla e não só. Será que Elon Musk tinha razão?

A Daimler, a “mae” da Mercedes, mas também da Freighliner em matéria de veículos pesados, que é “só” a marca americana mais importante nos EUA neste domínio, surpreendeu tudo e todos com a apresentação de uma nova gama de camiões eléctricos. Um deles, o mais possante, visa directamente o Semi da Tesla, o que confirma que, afinal, a marca americana tinha razão em apostar na viabilidade dos camiões de longo curso accionados por motores eléctricos, alimentados por baterias.

Na apresentação dos novos camiões da Daimler, o mais sumarento foi o eCascadia da Freighliner, um modelo heavy-duty, capaz de transportar 36 toneladas, ou seja, a carga máxima em condições normais.

Somos líderes no mercado dos veículos pesados e fazemos questão de continuar a liderar com a chegada dos camiões e autocarros eléctricos”, declarou Martin Daum, membro da administração da Daimler e responsável pelos pesados.

Com a apresentação da nova estratégia formalizada na E-Mobility Group, Daum garante que o caminho passará por “perseguir as melhores soluções no que respeita às baterias, soluções de carga e gestão de energia”.

Para o eCascadia, destinado exclusivamente ao mercado norte-americano, a Daimler promete uma capacidade de acumuladores de 550 kWh, o que será capaz de garantir uma autonomia de 400 km, valores bem abaixo dos avançados pela Tesla para o Semi, que promete quase 1.000 km entre recargas. Como potência, a Daimler anuncia 730 cv, valor que, associado ao tradicionalmente elevado binário dos motores eléctricos, deverá assegurar a força necessária para arrastar as 36 toneladas montanha acima.

Além do Freighliner eCascadia, a Daimler apresentou o eM2, camião mais pequeno e destinado à distribuição urbana, com 325 kWh de baterias, 480 cv de potência e uma autonomia de 320 km. Tal como o eCascadia, que carrega as baterias de 0-80% em 90 minutos (o que lhe assegura mais 320 km), o eM2 atinge 80% em 60 minutos, o que permite uns adicionais 300 km.

Foram igualmente revelados os novos autocarros escolares e furgões comerciais, ambos eléctricos e exclusivos para o mercado americano, à semelhança dos restantes.

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carro

Vote na segunda edição do concurso dedicado ao automóvel cuja votação é exclusivamente online. Aqui quem decide são os leitores e não um júri de “especialistas” e convidados.

Participe nos Prémios Auto ObservadorVote agora

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)