António Costa

Costa: cimeira entre Trump e Kim Jong-un acabou melhor do que reunião do G7

O primeiro-ministro português acredita que a cimeira entre os Presidentes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte terá acabado melhor do que a última reunião do G7, no Canadá.

HUGO DELGADO/EPA

O primeiro-ministro, António Costa, observou esta terça-feira que o resultado da cimeira de Singapura, entre os Presidentes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte, acabou melhor do que a última reunião do G7, no Canadá.

António Costa assumiu esta posição depois de ter visitado a multinacional Cisco, em Silicon Valley, na Califórnia, Estados Unidos da América, após ser questionado pelos jornalistas se acredita na desnuclearização da Coreia do Norte na sequência do encontro entre Donald Trump e Kim Jong-un.

“O facto de a cimeira ter existido já é positivo, porque quando duas partes começam a falar é um primeiro passo para a diminuição da tensão. Os sinais aparentam que esta cimeira acabou melhor do que a do G7, o que é um cenário positivo”, disse, numa alusão às divergências verificadas entre os Estados Unidos e os restantes seis países desta organização.

Em relação ao resultado da cimeira de Singapura, o primeiro-ministro referiu que a declaração final, “por muito genérica que seja no que respeita à desnuclearização, é obviamente uma boa notícia para todos os que estão preocupados com a segurança mundial”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Incêndios

Dos governantes extraordinários /premium

Vicente Ferreira da Silva

Fazer a mesma coisa esperando resultados diferentes é a definição de insanidade- António Costa insiste na mesma metodologia há anos e continua à espera de resultados distintos. É a extraordinariedade.

Turquia

A solidão de Erdoğan /premium

Diana Soller

A Turquia é um Estado tampão que retém cerca de três milhões de refugiados – a maioria oriundos da Síria. Um gesto mais irrefletido de Erdoğan pode levar a uma crise sem precedentes na Europa.

Governo

O fracasso da geringonça /premium

Alexandre Homem Cristo

No domínio táctico, a geringonça foi uma vitória das esquerdas. No domínio político, não é mais do que a capitulação de PCP/BE em troca de acesso ao poder, mas nunca de real influência na governação.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)