Trabalho

Organização Internacional do Trabalho pede “medidas urgentes” para erradicar trabalho infantil perigoso

Cerca de 73 milhões de menores desempenham trabalhos de risco, um número que representa quase metade dos 152 milhões de menores que têm entre 5 e 17 anos e que trabalham.

HELMUT FOHRINGER/EPA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder, pediu esta terça-feira “medidas urgentes” para que nenhum menor de 18 anos tenha que desempenhar um trabalho perigoso.

Por ocasião do Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, que se celebra esta terça-feira e é dedicado à luta contra as ocupações infantis perigosas, Ryder recordou, numa declaração, que cerca de 73 milhões de menores desempenham trabalhos de risco. Este número representa quase metade dos 152 milhões de menores que têm entre 5 e 17 anos e que trabalham.

Com trabalhos em minas, campos, fábricas e em outros locais, os menores em causa estão expostos a pesticidas e outras substâncias tóxicas, têm de carregar cargas pesadas ou suportar longas jornadas laborais, assinalou a OIT.

Segundo o diretor-geral da organização, “nenhum menor de 18 anos devia realizar trabalhos perigosos, como está estipulado nos convénios da OIT relativos a trabalho infantil”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)