Porsche

911 Speedster. Um Porsche… sem ar condicionado?

Para celebrar os 70 anos do 356 Roadster, a Porsche revelou uma deslumbrante versão Speedster do 911 que, para mais, monta o chassi e o motor do GT3. Mas porque não tem rádio, nem ar condicionado?

A 8 de Junho de 1948 “nascia” o Porsche 356 Roadster, o primeiro desportivo do construtor de Estugarda. Para assinalar a data, a Porsche apresentou uma proposta que vai direitinha ao coração dos indefectíveis da marca: o Porsche 911 Speedster – com uma estética rétro deslumbrante e a “alma” do 911 GT3. Argumentos, por isso, não lhe faltam para fazer sonhar. E a marca alimenta o sonho, assumindo desde já que este concept “oferece um vislumbre de uma potencial versão de produção em série”…

A carroçaria é uma versão alargada do 911 Carrera 4 Cabriolet, mas com alguns painéis num compósito de fibra de carbono ultraleve. A capota, que protege o interior da chuva quando o carro está estacionado, é anexada manualmente usando oito fixadores. Já não se usa, é certo, mas a Porsche foi ainda mais longe nesta sua ânsia de levar o espírito clássico ao extremo. O habitáculo é disso o melhor exemplo, com um purismo tal que nem sequer tem sistema multimédia ou climatização. Porquê?

Os princípios leves da filosofia do Speedster continuam até o interior, onde os sistemas de navegação, rádio e ar condicionado foram eliminados”, justifica a marca.

Porém, como a própria Porsche assume que este estudo pode passar à produção, somos levados a questionar se, numa hipotética versão de série, o 911 Speedster continuará despojado daquilo que praticamente ninguém hoje prescinde. Até porque, a acontecer, o mais provável é que o construtor de Estugarda faça uma série limitada, com o que isso significa de um reduzido número de unidades, cada uma com um preço condicente com a exclusividade. Elevado, portanto. Ora, é provável que, até os maiores apaixonados pelo passado da marca, não queiram abrir mão de uma boa dose de conforto, por mais seduzidos que se sintam por este descapotável cuja ênfase vai para “uma experiência de condução pura”.

A avaliar por este road-ready study, não será difícil: sob o capot encontra-se um seis cilindros boxer, capaz de debitar 500 cv, potência que é directamente enviada para o eixo posterior. O Porsche 911 Speedster é capaz de impor o seu “ritmo” até às 9.000 rpm e, para cúmulo, conta com uma caixa manual de seis relações e escapes em titânio. Isto é música para os ouvidos dos amantes de desportivos.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)