A bomba caiu na tarde desta terça-feira: Julen Lopetegui tinha assinado por três temporadas com o Real Madrid e iria deixar a seleção espanhola depois do Mundial da Rússia. A novidade chegou ao panorama do futebol internacional inesperadamente e suscitou enorme surpresa, principalmente porque faltavam dois dias para o início da competição e três para a estreia de Espanha, frente a Portugal. Os adeptos não foram os únicos a ficar surpreendidos.

De acordo com Luis Rubiales, presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, o organismo que regula o futebol espanhol só soube do acordo entre Lopetegui e o Real Madrid “cinco minutos antes” do comunicado oficial do clube. Por isso mesmo, e por acreditar que “as coisas não se fazem assim”, Rubiales anunciou já esta quarta-feira que Julen Lopetegui tinha sido dispensado da posição de selecionador espanhol. Para o substituir, Fernando Hierro: até aqui diretor desportivo da seleção espanhola e antigo jogador do Real Madrid.

Esta terça-feira à tarde, depois das notícias da ida de Lopetegui para o Santiago Bernabéu, o treinador e o ainda diretor desportivo conversaram durante largos minutos no centro de estágios de Krasnodar, onde a seleção espanhola está concentrada para se preparar para o Mundial.

O canal de televisão espanhol Telecinco divulgou as imagens da conversa que terá sido decisiva para a saída de Lopetegui e a chegada de Hierro ao banco da seleção espanhola.

https://www.youtube.com/watch?v=2Pr5J9B4Oys

Entretanto, Julen Lopetegui já terá deixado Krasnodar rumo a Moscovo, onde irá então apanhar um avião para Madrid. De acordo com a Marca, Lopetegui fez-se acompanhar de Pablo Sanz, treinador adjunto e Óscar Caro, preparador físico.