O grupo parlamentar do Partido Socialista defende que o Governo se deve empenhar mais em garantir a legalização dos imigrantes ilegais que vivam, trabalhem e descontem para a Segurança Social há mais de um ano. O projeto de resolução foi entregue esta terça-feira no Parlamento.

A ideia é que o processo de legalização e os pedidos de autorização de residência sejam concedidos mais rapidamente ao abrigo da situação extraordinária, prevista na lei, por razões humanitárias.

“Note-se que a esmagadora maioria destes requerentes são, objetiva e comprovadamente, imigrantes económicos que exercem atividade profissional em Portugal e, justamente, muitos deles têm manifestado a sua insatisfação por não lhes ser reconhecido o direito ao tratamento enquanto cidadãos, apesar de trabalharem e descontarem para a Segurança Social”, lê-se no documento.