Sporting

Bruno de Carvalho revela SMS trocadas com Rúben Ribeiro

107

Presidente do Sporting reage na conta de Facebook à rescisão de Rúben Ribeiro e, na mesma publicação, revela mensagens trocadas com o extremo. "Justa causa de nada", comenta Bruno de Carvalho.

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

Depois de ter publicado na conta de Facebook mensagens trocadas com Gelson Martins, Bruno Fernandes e o agente de Bas Dost, Bruno de Carvalho divulgou também o conteúdo trocado com Rúben Ribeiro, que esta quinta-feira rescindiu com o Sporting.

“Mensagens trocadas entre mim e o Rúben Ribeiro, que não deixam qualquer dúvida de não existir justa causa de nada”, diz o presidente leonino, na mesma publicação onde reage à rescisão do extremo leonino.

O conteúdo das SMS

A primeira mensagem divulgada é de 21 de abril, três dias depois de o Sporting ter vencido o FC Porto, nas grandes penalidades, e de ter carimbado a presença na final da Taça de Portugal. O presidente deixa elogios à atuação da equipa (“que grupo de trabalho de qualidade, o que gosto de vos ver jogar assim”) e reforça a exigência de “ganhar, ganhar, ganhar e ganhar” e deixa ainda a farpa: “saibam distinguir os inimigos de quem só quer que façamos sempre mais e melhor”.

Eu critico, criticarei, mas tomara a todos os atletas serem criticados por quem lhe dá tudo e apoia em tudo, como eu! Continuem com essa vontade, brio e atitude. Este é o único caminho das conquistas. E este não é um clube só para jogar. É um clube para se conquistar tudo! Vamos a eles todos sempre com a mesma ATITUDE e COMPROMISSO!”

Rúben Ribeiro responde:

Boa noite, presidente! Não sabia se era para responder, peço desculpa! Obviamente que vamos ganhar e com todas as suas palavras ainda nos dão muito mais força para conseguir tudo aquilo que temos ainda para ganhar! Com a nossa força e com a sua força faremos uma só força para ganharmos e dedicarmos a todas as pessoas que amam esta grande instituição que é a nossa família sportinguista. Um grande abraço, presidente, e obrigado”.

A mensagem seguinte é enviada por Bruno de Carvalho, um dia depois das agressões em Alcochete. O presidente leonino pede desculpa pelo “ato criminoso” que vitimou os jogadores e garante que os culpados serão “severamente punidos”. Ficam ainda elogios a Rúben Ribeiro: “tens sido um jogador muito profissional”, garante.

Em meu nome pessoal e do Sporting, quero pedir desculpa por este ato criminoso que hoje sucedeu. Garanto que todos os envolvidos serão severamente punidos. Podemos não estar sempre de acordo mas somos família. Muita força, pois tens sido um jogador muito profissional e que veste a camisola com orgulho e atitude. Um abraço solidário”.

Rúben Ribeiro responde exatos nove minutos depois:

Obrigado, presidente. Grande abraço”.

A última mensagem revelada é enviada ao intervalo da final da Taça de Portugal (que o Sporting viria a ser ganha pelo Desp. Aves). Na altura, o Sporting perdia por 1-0.

Calma, vamos ganhar na segunda parte! Sem receios! Merecemos vencer! Um forte abraço com muita amizade, Bruno de Carvalho (calma que têm 3,5 milhões de pessoas ao vosso lado a lutar com vocês — eu estou a lutar por vocês”.

Já depois do jogo, já depois da derrota esta consumada, mais uma SMS de Bruno de Carvalho, toda escrita em caps lock.

Somos família! Frustrados mas sempre juntos! Queria estar aí com vocês para vos dar um forte abraço!”

Rúben Ribeiro responde com um “obrigado presidente”, acompanhado de exatos 11 corações verdes e 10 emojis a chorar.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)