Sporting

“Loucura total”. Bruno de Carvalho reage a rescisão de Rúben Ribeiro

302

E já vão sete. Rúben Ribeiro entregou esta quinta-feira a carta de rescisão por justa causa. Bruno de Carvalho reagiu nas redes sociais: "Isto está uma loucura total. Vale tudo".

PAULO NOVAIS/LUSA

Foi curta a passagem de Rúben Ribeiro por Alvalade. O extremo foi contratado em janeiro ao Rio Ave, mas esta quinta-feira bateu com a porta, engrossando a lista de rescisões dos jogadores do plantel leonino — já são sete, depois de Rui Patrício, Daniel Podence, Bruno Fernandes, Gelson Martins, William Carvalho e Bas Dost.

Bruno de Carvalho já reagiu à rescisão de Rúben Ribeiro. Na conta de Facebook, o presidente leonino considera que “as cartas até agora recebidas utilizaram todas a mesma minuta”, referindo que “isto está uma loucura total” e que “vale tudo”. Bruno de Carvalho deixa ainda a pergunta: “o que andam a prometer a estes atletas que estão a arruinar as suas carreiras?”

Esta quinta-feira é o prazo limite para a entrega das cartas de rescisão por justa causa, visto que se cumprem 30 dias desde os ataques na Academia do Sporting, que têm originado a onda de rescisões no plantel leonino.

Rúben Ribeiro era um dos jogadores mais “apaparicados” por Bruno de Carvalho, que não poupou nos elogios ao extremo depois da estreia frente ao Desportivo das Aves (3-0) — Rúben fez uma assistência para o golo de Bas Dost. Na altura, o presidente leonino descreveu o extremo como um “leão” e deixou um recado aos adeptos: “Tantos sportinguistas que não aprendem! Ah e tal o Rúben não é jogador para o Sporting CP…”.

O antigo camisola 7 dos verde e brancos foi um dos 19 jogadores que publicou nas redes sociais a mensagem de protesto contra Bruno de Carvalho que, recorde-se, criticou duramente o plantel depois da derrota frente ao Atlético de Madrid, que ditou o afastamento da equipa da Liga Europa. No dia seguinte, no entanto, e face a algumas pressões, acabou por retirar essa mensagem — a par de Doumbia e Wendel —, decisão que caiu mal junto dos companheiros, levando mesmo Rúben Ribeiro a pedir desculpa e a prometer voltar a publicar o post.

O jogador esteve envolto em polémica em abril, quando foram divulgadas imagens de uma saída noturna com Fábio Coentrão, na zona do Estoril, em clara violação do regulamento interno do Sporting. Chegou a falar-se da possibilidade de ser levantado pela SAD um processo disciplinar (que nunca foi confirmado).

Rúben Ribeiro tinha contrato com o Sporting até junho de 2020 e uma cláusula de rescisão fixada nos 60 milhões de euros. Estava avaliado em 2 milhões de euros no site Transfermarkt.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)