Estimava-se que fosse arrematada por um valor algures entre os 200 e os 300 mil dólares, mas surpreendeu a própria leiloeira, ao exceder as expectativas mais optimistas. A Harley-Davidson Fat Boy de 1991 em que Arnold Schwarzenegger rodou uma das cenas mais memoráveis da história do cinema de acção, em “O Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento” acabou por render o dobro: 520 mil dólares (444 mil euros, à cotação de hoje). Lembra-se da perseguição ao camião Freightliner? Foi assim:

A moto em causa, ainda hoje considerada uma das propostas mais “masculinas” da casa de Milwaukee, cativa mais pelo estilo do que propriamente pelas prestações. O V2 a quatro tempos debitava apenas 44 cv, explorados por uma caixa de cinco velocidades, com a potência a ser canalizada para a roda traseira através de uma transmissão final por correia dentada. Resultado: com perto de 300 kg (298, para sermos exactos), já considerando que o depósito de 16 litros estava atestado, esta Harley é uma cumpridora dos limites de velocidade, pois não “dá” mais que 148 km/h…

A Fat Boy foi adquirida directamente pela produtora, a Carolco Pictures, e terá recebido o devido tratamento do actor austro-americano, apesar de marcar apenas 631 km. Os espelhos foram-se e, para além de alguns riscos e amolgadelas, a mecânica está a precisar de alguma atenção.

Nada disso impediu um lance superior a meio milhão de dólares. Sendo certo que, antes de se fazer à estrada, o novo proprietário desta estrela cinematográfica de duas rodas vai ter de passar por uma oficina, para uma revisão que incluirá chapa e pintura. A não ser que o novo dono da Fat Boy seja um bad boy.