“Tudo bem, ‘Manu’?”, disse um jovem ao presidente francês, Emmanuel Macron, numa cerimónia aos veteranos de guerra, em Paris, esta segunda-feira. Com tom ríspido, o chefe de estado francês corrigiu o adolescente: “Deves chamar-me senhor presidente ou senhor, está bem? (…) No dia em que fizeres uma revolução, obténs primeiro um diploma e aprendes a sustentar-te. Só depois darás lições aos outros”. O momento tornou-se viral, tendo até sido partilhado por Macron no Twitter. Agora, o jovem não quer sair de casa, avança o jornal francês online Explicite.

“Não dê o meu nome, o meu endereço, a minha cidade, a minha escola, nada. Não quero que isto seja um problema”, disse o jovem à jornalista que o visitou. Colegas citados disseram que, apesar de o jovem ser “desbocado”, é “bom rapaz, tanto na sala de aula como no teatro”, atividade extracurricular que frequenta.

O jovem, sem adiantar mais comentários, tem sido gozado na escola e só quer que a situação não lhe cause “problemas” durante o resto dos estudos. Segundo colegas, desde segunda-feira que está sozinho e, entre risos e gozos, vai logo para casa quando possível.

Na conta de Twitter de Macron, abundam as críticas. O comentário principal é: “Ça va Manu?” [Tudo bem, Manu].