Zona Euro

Eurogrupo desta quinta-feira deverá tomar decisões cruciais para futuro da zona euro

Mário Centeno considera a reunião desta quinta-feira do Eurogrupo muito importante porque deverão ser tomadas medidas cruciais tanto relativamente à Grécia como para a zona euro.

MIGUEL A.LOPES/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, considera a reunião desta quinta-feira dos ministros das Finanças da zona euro “muito importante”, pois deverão ser tomadas “decisões cruciais”, para a Grécia e para a área do euro como um todo.

Celebramos hoje o 20.º aniversário do Eurogrupo, um dia muito importante para os países do euro, com uma importante agenda durante o dia para tomarmos decisões que são cruciais para o futuro da área do euro”, disse Centeno, à chegada à reunião anual do Conselho de Governadores do Mecanismo Europeu de Estabilidade, ao qual também preside, que antecede o encontro do fórum de ministros da zona euro.

Relativamente à Grécia, que espera receber a ‘luz verde’ do Eurogrupo para a conclusão do seu terceiro resgate (a concretizar-se em agosto), Mário Centeno disse estar “confiante”, até porque as informações de Atenas relativamente aos compromissos assumidos pelo Governo grego no quadro da quarta e última revisão do programa de assistência são “muito positivas”.

“A Grécia cumpriu todas as 88 medidas que eram pedidas nesta revisão e isso é absolutamente assinalável. Estou confiante de que vamos tomar decisões sobre o pacote da dívida grega que a tornará sustentável e permitirá à Grécia aceder aos mercados de forma sustentável e pelos seus próprios meios. Esse é um momento muito importante para a economia grega e estou confiante de que hoje marca uma nova fase para a economia grega”, disse.

Da mesma forma, prosseguiu, “para a área do euro hoje também marcará uma diferença sobre o que é o futuro do euro”, com a preparação da cimeira de chefes de Estado e de Governo, na qual deverão ser tomadas decisões importantes relativamente à reforma da área do euro e à conclusão da União Económica e Monetária.

Temos uma agenda difícil que foi trabalhada durante muitos meses. A ideia é reforçar os bancos e o sistema bancário e criar novas linhas de defesa para um futuro que está cheio de incertezas, mas que é construído com base em muito bons fundamentos económicos, como aqueles que vivemos hoje na área do euro”, concluiu Centeno, que preside à reunião do Eurogrupo a partir das 15h00 locais (14h00 de Lisboa).

Os ministros das Finanças da zona euro reúnem-se no Luxemburgo com o objetivo de aprovar a conclusão do terceiro programa de assistência financeira à Grécia e virar assim a página da crise e dos “resgates”. Os ministros vão avaliar os progressos alcançados por Atenas na implementação das ações prévias previstas no quadro da quarta e última revisão do programa, o que lhes permitirá tomar uma decisão sobre “todos os elementos necessários” à conclusão bem-sucedida do “resgate” e à saída da Grécia do programa, prevista para 20 de agosto.

Os elementos, precisa o Eurogrupo, estão relacionados com o quadro de vigilância pós-programa, o montante da tranche final do apoio financeiro prestado pelo Mecanismo Europeu de Estabilidade e possíveis medidas de alívio da dívida grega (que atinge 178% do PIB grego).

Na reunião do Eurogrupo mais aguardada desde que Mário Centeno tomou posse (em janeiro passado) como presidente do fórum de ministros das Finanças da zona euro, haverá também lugar a um encontro alargado a 27 (já sem o Reino Unido) para preparar a cimeira de chefes de Estado e de Governo da próxima semana (29 de junho), na qual são esperadas decisões sobre a reforma da zona euro e aprofundamento da UEM.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Paris

A morte das catedrais

António Pedro Barreiro

A separação forçada entre a beleza e a Fé é lesiva para ambas as partes. O incêndio em Notre-Dame recorda-nos isso. Recorda-nos que as catedrais não são montes de pedras.

Paris

A morte das catedrais

António Pedro Barreiro

A separação forçada entre a beleza e a Fé é lesiva para ambas as partes. O incêndio em Notre-Dame recorda-nos isso. Recorda-nos que as catedrais não são montes de pedras.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)