Tech Auto

Fibra de carbono livra Polestar 1 de 230 kg

O primeiro modelo da antiga divisão desportiva da Volvo deita a mão a muita fibra de carbono, para deitar fora uns quilos extra. A dieta visa um desempenho acima da média do coupé híbrido com 600 cv.

Se potência e, sobretudo, “força” são atributos que não faltam em grandes doses ao Polestar 1, fibra de carbono em abundância é outro dos ingredientes escolhidos pela Polestar para fazer do elegante coupé híbrido uma receita de sucesso.

O desportivo monta à frente um motor 2.0 turbo a gasolina com 320 cv, que passa a potência às rodas dianteiras, e mais dois motores eléctricos atrás,  cada um ligado à sua roda, alimentados por uma bateria de 34 kWh. Ou seja, estamos perante um tracção integral, com 600 cv e 1.000 NM de binário, com a vantagem dos dois motores separados atrás permitirem controlar melhor o comportamento do carro.

Mas, como seria de esperar da antiga divisão desportiva da Volvo, “só” isso não chega para fazer do Polestar 1 uma referência, em termos de performance. Razão pela qual o antigo preparador não se poupou à fibra de carbono, para garantir que poupava uns bons quilos, o que favorece a agilidade do 1. Mas não só: a rigidez torcional nos pontos mais críticos da estrutura da carroceria também melhora radicalmente.

O construtor fez agora saber que o híbrido plug-in de duas portas, que começará a ser produzido na China em meados de 2019, apesar de já poder ser encomendado numa série de países (Portugal incluído), conseguiu “prescindir” de 230 kg, graças ao recurso a polímero reforçado com fibra de carbono (CFRP, de Carbon Fiber Reinforced Polymer) no capot, tampa da bagageira, painéis laterais, portas e em toda a parte estrutural do tejadilho, entre outras zonas de reforço. O resultado será, nas palavras de chefe de Desenvolvimento de produtos da Polestar, Christian Samson, um chassi rígido e comunicativo, que eleva o prazer e a eficácia da condução para um patamar superior.

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carro

Vote na segunda edição do concurso dedicado ao automóvel cuja votação é exclusivamente online. Aqui quem decide são os leitores e não um júri de “especialistas” e convidados.

Participe nos Prémios Auto ObservadorVote agora

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt
África do sul

África do Sul – Que Futuro?

Jaime Nogueira Pinto

Em vésperas de eleições, a República da África do Sul vive dias instáveis, entre a democracia e a cleptocracia. E radicalização de um ANC em quebra eleitoral pode por em causa os equilíbrios do regime

Governo

A famiglia não se escolhe? /premium

Alberto Gonçalves
364

Se ainda não se restringiu o executivo aos parentes consanguíneos ou afins do dr. Costa, eventualidade que defenderia com empenho, a verdade é que se realizaram amplos progressos na área do nepotismo

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)