Pela primeira vez, Moçambique tem uma mulher comandante de aeronaves comerciais. O anúncio foi avançado num comunicado da companhia estatal.

Admira António passou a comandar aviões Embraer 145 da Moçambique Expresso (Mex), subsidiária da Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), desde junho.

A nova comandante iniciou carreira na Mex em 2013 onde tem desempenhado as funções de copiloto até ser promovida, graças às avaliações recebidas e ao cumprimento de critérios. Entre os critérios está o cumprimento de mais de 3.500 horas de voo necessárias poder concorrer ao lugar de comandante.