Quatro pessoas morreram e centenas foram retiradas devido às chuvas torrenciais que assolaram a Roménia nos últimos dias, anunciaram este domingo as autoridades locais. Dois homens e uma mulher foram levados pelas cheias e uma quarta morreu na sequência do colapso da sua habitação.

De acordo com o departamento de Covasna (centro), um dos mais atingidos pela intempérie, um dique cedeu com as cheias, inundando várias aldeias, entre as quais Bacel e Lunca Marcusului.

“Os bombeiros e os policiais estão a trabalhar arduamente” para “reconstruir a barragem e, em seguida, podemos intervir para tirar água das casas inundadas”, afirmou o porta-voz local para as situações de emergência, Marius Tolvaj.

Mais de 250 habitantes da zona foram obrigados a deixar as suas habitações enquanto o nível das águas subia, acrescentou. Cerca de 100 localidades foram afetadas pelas inundações que destruíram dezenas de casas e pontes.