O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho terá sido alvo de um novo processo disciplinar, segundo noticia o CM.

A queixa, apresentada por um grupo de 11 sócios leoninos, acusa Bruno de Carvalho de ter tentado impedir a Assembleia Geral do clube, na véspera de esta se realizar.

[FrameNews src=”https://s.frames.news/cards/assembleia-do-sporting-1/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”745″ slug=”assembleia-do-sporting-1″ thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/assembleia-do-sporting-1/thumbnail?version=1529946694401&locale=pt-PT&publisher=observador.pt” mce-placeholder=”1″]

Outra das acusações noticiadas pelo jornal é de que Bruno de Carvalho terá entrado no recinto da reunião sem acreditação. O processo foi aberto devido a uma queixa que já chegou à Comissão de Fiscalização, que está a tratar do primeiro processo disciplinar que já tinha sido instaurado ao antigo presidente.