O sérvio Novak Djokovic, 21.º do ‘ranking’ mundial ATP, qualificou-se esta terça-feira para a segunda ronda do torneio de ténis de Wimbledon, ao vencer o norte-americano Tennys Sandgren, 57.º, por 6-3, 6-1 e 6-2.

Sem forçar muito, o antigo líder mundial e três vezes vencedor do torneio inglês (2011, 2014 e 2015) derrotou Sandgren em apenas uma hora e 36 minutos. Na segunda eliminatória, Djokovic vai defrontar o argentino Horacio Zeballos, 126.º da hierarquia mundial.