O major-general do Exército Marco Serronha vai assumir o cargo de 2.º comandante da missão militar da ONU na República Centro Africana (RCA), disse à Lusa fonte militar.

De acordo com a fonte, o major-general, atualmente 2.º Comandante das Forças Terrestres, concorreu ao cargo, que tem a duração de um ano, e foi selecionado, faltando apenas formalizar a nomeação e a indicação da data a partir da qual iniciará funções.

A Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA) é comandada pelo tenente-general senegalês Balla Keita. A missão da ONU iniciou-se em setembro de 2014 com mandato para “proteção dos civis”, “promoção e proteção dos direitos humanos”, “apoio à justiça nacional e internacional” e “desarmamento, desmobilização, reintegração e repatriação”, num contexto de crise política e de violações de direitos humanos, segundo refere o “site” do Estado-Maior General das Forças Armadas.

Portugal participa na missão com um contingente de 159 militares, constituindo desde fevereiro e até setembro/outubro a 3.ª Força Nacional Destacada (FND) na RCA, sediada no aquartelamento de Bangui.