Computadores

Microsoft: e o novo híbrido Surface é… Go

Uns queriam o Surface 5, só que a aposta da Microsoft nos seus computadores híbridos foi para um modelo "Go" bem menos potente, mas mais leve, barato e compacto (10 polegadas).

Os portáteis surface da Microsoft funcionam como tablet e computador. São os computadores fabricados pela gigante americana que a fizeram apostar, como a Apple, em hardware próprio para o seu sistema operativo, o Windows

Microsoft

É um portátil? É um tablet? Não, é o próximo híbrido da Microsoft. Desta vez em versão Go: menos potente, mas mais leve, pequeno e barato. Depois de, em 2012, a gigante americana ter apostado no mercado de hardware em portáteis com a linha Surface, que tinha modelos com o Windows na versão completa e na versão RT (uma versão também mais leve e barata, entretanto descontinuada), pensado para uma experiência Windows com ecrãs táteis e teclado, a empresa volta a ter um modelo de entrada neste segmento.

O Surface Go tem um preço inicial de 455 euros (a que se adicionará, como já é norma nestes modelos, 99 euros para se ter o teclado com rato [trackpad] em preto, ou 129 euros para outras cores). O tamanho é de 10 polegadas, mais pequeno que os modelos Pro. Já a potência, a mesmo. Em vez de apostar nos Intel Core i3 (os processadores de entrada dos Pro), o processador é um Intel Pentium Gold de sétima geração (4415Y). É menos potente mas, segundo a marca é o que garante uma das vantagens destes computadores mesmo com um tamanho mais pequeno: a bateria (até 9 horas).

À semelhança dos modelos anteriores, numa aposta que a Apple já seguiu, o Surface Go vai ser compatível com Surface Pen, a caneta da Microsoft para escrita e desenho digital. De resto, a novidade é na entrada USB-C, que descarta a USB tradicional, para ligar dispositivos e outros conectáveis (além da entrada de carregamento padrão dos Surface).

O sistema operativo que vem instalado no aparelho, à semelhança do antigos Surface RT, é o Windows 10 S (uma versão mais soft do sistema operativo). Contudo, mantendo o que tem sido a aposta da Microsoft para o seu sistema operativo, é possível alterar para o Windows 10 normal, fazendo deste portátil um verdadeiro híbrido (faz o que um tablet faz, e, também, o que um portátil “normal” consegue fazer, da mesma forma).

[o vídeo de apresentação do novo computador híbrido da Microsoft]

Em 2012 e 2013, a aposta nos modelos RT era focada, em grande parte, nos estudantes. Com este modelo mais acessível, a Microsoft estará a ir no mesmo caminho, concorrendo diretamente com os mais recentes iPad, da Apple, de 9.7 polegadas, que têm o programa educação para serem adquiridos de forma mais barata. Vai estar disponível com 64GB (eMMC, mais lento que o SSD), com 4GB de memória RAM e, num modelo superior, com 8GB de RAM e 128 ou 256GB de memória interna.

Em resposta ao Observador, a Microsoft esclareceu que o Surface Go estará disponível em Portugal a 28 de agosto, estando já em pré-venda na loja online portuguesa da empresa.

*Artigo atualizado dia 11 de julho às 10h10 com informação da Microsoft relativamente à disponibilidade em Portugal e preço do produto  

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)