A visita de António Costa a Angola vai acontecer a 17 e 18 de setembro. A confirmação foi feita por Augusto Santos Silva, à margem da cimeira da NATO em que Portugal participa em Bruxelas. “Essa visita terá lugar no próximo dia 17 e 18 de setembro”, com uma agenda que passará pelas “questões de natureza politico-diplomáticas” e por uma “componente económica”, destacou o ministro dos Negócios Estrangeiros.

“O que se espera da agenda é, em primeiro lugar, [que sejam abordadas] as questões de natureza politico-diplomáticas”, com a realização de um “encontro entre o presidente João Lourenço e o primeiro-ministro António Costa” que, no final, farão declarações à comunicação social.

Costa afirma que relações com Angola atravessam “momento auspicioso”

“Depois”, acrescentou Santos Silva, haverá uma “componente económica muito importante, porque o relacionamento comercial e em termos de investimentos recíprocos entre Portugal e Angola é muito intenso e há todas as condições para ser agora muito mais intenso”.

Como já tinha sido anunciado pelo Presidente da República, a seguir à deslocação de António Costa a Angola, será a vez de o chefe de Estado angola vir a Lisboa. Sabia-se que essa visita de João Lourenço aconteceria até ao fim do ano. O ministro dos Negócios Estrangeiros diz que essa “visita de Estado” acontecerá “imediatamente a seguir à vista do primeiro-ministro a Angola”.