Esta terça-feira, Eden Hazard – em conjunto com a seleção belga  perdeu a oportunidade de estar na final do Mundial da Rússia. Depois de perder na meia-final com os franceses, o jogador do Chelsea deu uma entrevista ao canal de televisão belga La Une. Apareceu no próprio estúdio, na Bélgica, ainda com o equipamento mas já de chinelos. Ao mesmo tempo, estava sentado na zona de imprensa do estádio do Zenit, em S. Petersburgo, onde decorreu o jogo da meia-final. Confuso?

O capitão da seleção belga deu uma entrevista através de um holograma. Ou seja, apareceu numa imagem virtual num estúdio de televisão na Bélgica enquanto estava, simultaneamente e realmente, na Rússia. Primeiro, surgiu ainda equipado; mais tarde, quando voltou a participar na emissão, já apareceu com o fato de treino.

Na entrevista, Hazard mostrou-se triste com a derrota mas garantiu: “Prefiro perder com esta Bélgica do que ganhar com esta França”. O capitão da seleção belga criticou o anti-jogo dos franceses mas revelou que a equipa está “muito orgulhosa” do que fez neste Mundial. “Creio que fomos a melhor equipa deste Campeonato do Mundo”, atirou Eden Hazard.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A seleção belga caiu frente aos franceses e vai discutir o terceiro e quarto lugares do Mundial da Rússia no próximo sábado: com Croácia ou Inglaterra.