Curiosidades Auto

Três saltos para a morte que ficam para a história

Evel Knievel foi um acrobata notável, que realizou 75 saltos de moto por cima de tudo e mais alguma coisa. Mas houve três que nunca conseguiu executar. Foram esses que Travis Pastrana agora realizou.

Os americanos até podem esquecer-se do nome do seu Presidente, mas nenhum deixará de recordar com saudade Evel Knievel e os seus impressionantes saltos, muitos com êxito, outros a terem terminado em longas temporadas em camas de hospital. Se Knievel tentou com sucesso saltos julgados impossíveis, sobretudo à época em que as soluções tecnológicas eram outras – estávamos nos anos 60 e 70 –, outros houve em que não conseguiu manter o controlo da moto durante o salto ou, pior ainda, na aterragem. Entre esses, três ficaram para a história como os piores “falhanços” do homem que desafiou a força da gravidade durante toda a sua vida. Foram exactamente estes três saltos que agora foram repetidos por Travis Pastrana.

Evel Live: Caesars Palace Fountain

Jump 3: Caesars Palace Fountain ✓History made!!! 3 jumps in 1 night. Travis Pastrana, you are an absolute legend!

Posted by Nitro Circus on Sunday, July 8, 2018

Se Knievel era um deus, exclusivamente em cima da moto, Pastrana é um artista com qualquer coisa que tenha rodas. Do motocross ao supercross e ao freestyle, nas duas rodas, passando pelos ralis, ralicross e provas da Nascar em circuito, nos automóveis. Em todas estas disciplinas, Pastrana já provou que a sua tremenda habilidade só encontra par numa ousadia que parece roçar a inconsciência. E, tal como aconteceu com Knievel, poucos serão os ossos no corpo de Pastrana que não tenham já sido partidos e a necessitar de reforços em titânio para manter o esqueleto funcional e à altura das habilidade de que não abre mão, apesar dos seus 34 anos.

Evel Knievel tentou saltar sobre 50 automóveis provenientes da sucata e colocados lado a lado, em 1973, e 14 autocarros em 1975, salto que se seguiu a uma tentativa falhada em Londres, cinco meses antes, que terminou no hospital e quase na reforma antecipada. Mas talvez o salto mais difícil de Knievel e um daqueles que nunca conseguiu finalizar em beleza, foi o voo sobre a fonte do Hotel Caesars Palace, em Las Vegas. Uma aterragem violenta deixou-o a lutar pela vida durante muito tempo.

Evel Live: Greyhound Buses

Jump 2: Greyhound Buses ✓

Posted by Nitro Circus on Sunday, July 8, 2018

Alguns dos saltos do ás americano – entretanto falecido em 2007, vítima de cancro nos pulmões, com 69 anos – foram posteriormente repetidos com sucesso, mas com recurso a motos mais modernas. Aliás, o seu filho Robbie Knievel conseguiria saltar sobre a fonte do Caesars 22 anos depois da tentativa do pai, mas fê-lo aos comandos de uma moto de supercross, com cerca de 90 kg. Mas neste tributo ao saudoso Evel, Travis Pastrana quis tentar repetir as suas façanhas, mas com a moto original, uma pesada Indian Scout FTR 750, com motor de dois cilindros em V e um peso de 154 kg.

E não contente em conseguir saltar onde Evel falhou, Pastrana aumentou a parada e de 50 carros passou para 54 (um total de 43,58 metros) e de 14 autocarros evoluiu para 56 (57,91 metros). Só a fonte do Caesars Palace continuou a obrigar a um vão de 45,41 metros, salto dificultado pela curta zona de aceleração, cujo risco justificou uma transmissão em directo na televisão durante cerca de três horas. Pastrana cumpriu os três saltos na velha Indian, durante os quais tudo correu bem, com o piloto a poder já avançar para o seu próximo compromisso, durante o qual se vai estrear no ralicross americano aos comandos de um Subaru na equipa Subaru Rally Team USA.

Os saltos de Las Vegas irão ser repetidos em breve, integrados no seu show Nitro Circus Live Tour, que vai correr mundo num tributo a Evel Knievel, para já com paragens em Birmingham, Manchester, Glasgow e Londres.

Evel Live: Crushed Cars

Jump 1: Crushed Cars ✓

Posted by Nitro Circus on Sunday, July 8, 2018

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carro

Vote na segunda edição do concurso dedicado ao automóvel cuja votação é exclusivamente online. Aqui quem decide são os leitores e não um júri de “especialistas” e convidados.

Participe nos Prémios Auto ObservadorVote agora

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)