Mundial 2018

As quedas e as fitas de Neymar deram origem a um tipo de letra (e até tem nome)

415

Muito se falou das quedas de Neymar durante o Mundial. Mas houve um designer gráfico que as passou à escrita: usou imagens do craque no chão e criou um novo tipo de letra. Chama-se 'Ney Type'.

É possível recriar as 26 letras do alfabeto com as quedas de Neymar durante o Mundial

Não há dúvidas: Neymar ficará como uma das figuras deste Mundial. Talvez não da forma como muitos esperavam, é verdade: o avançado do PSG não foi o “carregador de piano” do Brasil e foi incapaz de levar a canarinha até à conquista do ambicionado hexa. Neymar deu nas vistas de outra maneira; à sua maneira. Primeiro pelo corte de cabelo comparado a esparguete, depois – e principalmente – pela sucessão de quedas, de fitas, e de autênticos números de contorcionismo nos relvados da Rússia, tantas vezes criticadas por rivais e relativizadas em sua defesa pelos compatriotas.

A internet não perdoou e explodiu em memes com caricaturas da performance do camisola 10 brasileiro – que conseguiu o registo de estar 14 minutos no chão (e o Brasil ficaria pelos quartos de final). Mas houve quem tivesse ido mais longe na sátira.

Foi o caso do designer gráfico brasileiro Luciano Jacob, que reuniu várias imagens de Neymar no chão durante o Mundial e comparou-as com as 26 letras do alfabeto para criar um novo tipo de letra. Até tem nome: chama-se ‘Ney Type’ (em alusão ao nome do jogador) e até está disponível para download.

A sátira foi pela primeira vez partilhada na página de Facebook de Luciano Jacob e tornou-se viral – até ao momento gerou perto de 2500 partilhas, 18 mil downloads e até foi assunto no site humorístico norte-americano 9GAG. Tudo começou no segundo jogo do Brasil na fase de grupos, diante da Costa Rica (vitória por 2-0). “O Neymar caiu de braços abertos e, na altura, aquilo pareceu-me um ‘T’. Foi assim que surgiu a ideia”, explica o designer ao Observador. Com a ideia na cabeça, passá-la à prática levou duas semanas, entre “pesquisar as imagens, pensar em cada letras e fazer os textos de divulgação”.

Luciano ficou surpreendido com o impacto da sua criação. “Inicialmente postei no meu Facebook e enviei para algumas páginas de humor desportivo. A repercussão foi bem acima do esperado. Os amigos começaram a partilhar e, a partir daí, perdi o controle, ganhando cobertura nacional e internacional”, acrescenta o designer de 29 anos, que garante que a intenção do seu trabalho foi a melhor. “A tipografia não é uma crítica. Foi criada para divertir com algo que tinha potencial de se tornar viral e ainda brincar com o lado positivo que é a torcida para 2022“. Em suma, tudo foi “um incentivo para o nosso menino Ney brilhar em 2022 e trazer o hexa para casa“. Com este espírito em mente, Luciano juntou as letras do alfabeto que criou e daí nasceu uma nova mensagem. Veja-a abaixo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mbeu@observador.pt
Empresas

Gerir sem KPIs

José Miguel Pinto dos Santos

O que faz um grande gestor? Não é, certamente, o controlo dos KPIs. Então qual a essência da boa gestão? Em vez de uma definição, fica aqui um exemplo retirado de numa antiga crónica japonesa.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)