O internacional brasileiro Alisson vai trocar a AS Roma pelo Liverpool, em troca de 72,5 milhões de euros, um recorde para a transferência de um guarda-redes, anunciaram esta quinta-feira os dois clubes. “O jogador de 25 anos assinou um contrato de longa duração com os ‘reds’, depois de cumprir os habituais exames médicos, em Melwood”, anunciou o clube inglês.

Por seu lado, o conjunto italiano confirmou o montante da transferência na sua conta no Twitter: “Alisson Becker assinou a sua transferência para o Liverpool por um montante que pode atingir os 72,5 milhões de euros”. Alisson, titular da seleção brasileira que disputou o Mundial de 2018, na Rússia, bateu o recorde mundial da transferência de um guarda-redes.

Na época passada, o Liverpool, que não vence o campeonato inglês desde 1989/90, chegou à final da Liga dos Campeões na época passada, perdendo-a para o Real Madrid, muito por culpa de dois ‘frangos’ do guarda-redes alemão Lorius Karius.

Os ‘reds’, que em janeiro pagaram cerca de 84,5 milhões de euros pelo central holandês Virgil van Dijk, já havia contratado para 2018/19 os médios Fabinho (ex-Mónaco) e Naby Keita (ex-Leipzig).

Alisson, o rapaz mais giro da sua escola que treinava com botas feitas pelo avô e está prestes a ser o mais caro da história