“O seu número WhatsApp está registado por um mês em duas páginas adultas”. Este é o início da mensagem que está a circular em Espanha através do WhatsApp e que é uma forma de retirar dinheiro aos utilizadores. Segundo o ABC, a mensagem é enviada por um número desconhecido, acompanhada de uma fotografia de uma mulher.

A mensagem indica, de seguida, que se o utilizador quiser cancelar a subscrição dos dois websites basta ligar para um certo número e é aqui que começam os problemas: o número exige a cobrança de 1,57 euros por minuto, tendo em conta que o prefixo (803) tem uma tarifa especial para empresas que cobram com cada chamada feita.

“Não é possível inscrever-se num serviço se anteriormente não tiver dado consentimento a isso”, explicou Leandro Nuñez, especialista em privacidade e direitos digitais da COPE. Segundo as autoridades, qualquer pessoa pode receber esta mensagem, pois a informação está a ser enviada para números aleatórios.

Nas redes sociais, as queixas já começaram a surgir. Um utilizador no Twitter reportou a situação à polícia e perguntou o que poderia ser feito caso receba a mensagem.

No mês passado, a aplicação de mensagens instantâneas mais utilizada no mundo também sofreu problemas: uma mensagem que incentivava a instalação de uma versão premium do WhatsApp (que não existe) andou a circular pelos utilizadores, fazendo com que todos os dados presentes nos telemóveis pudessem ser aproveitados.