Um quadro de Paula Rego, intitulado “A Ilha do Tesouro”, foi vendido esta semana num leilão, em Lisboa, por 200 mil euros, anunciou esta sexta-feira a leiloeira Palácio do Correio Velho, em comunicado.

No leilão realizado na quarta e na quinta-feira, também foram vendidos três quadros de Júlio Pomar (1926-2018): “Casamento”, que foi à praça por 100 mil euros e comprado por 180 mil euros, “Entrada de Touros”, subiu da base de 80 mil euros para 120 mil euros, e “Um Taureau dans une coquilhe” foi vendido por 40 mil euros, que era a base de licitação.

De acordo com a leiloeira, foram apresentados 624 lotes neste leilão de Antiguidades e Arte Moderna e Contemporânea.

“A Ilha do Tesouro”, de Paula Rego, pintado em 1972, em técnica mista com colagens sobre tela, com dimensões aproximadas de 120 por 120 centímetros, levava uma estimativa mínima de 200 mil euros, valor pelo qual foi arrematado.

De Júlio Pomar, artista que morreu em maio deste ano, os quadros eram três óleos sobre tela: “Casamento”, pintado em 1961, “Entrada de Touros”, de 1963, “Un Taureau dans une Coquille”, datado de 1984.