Música

Tributo a Mandela soma 40 mil participantes e marca segunda edição para 2019

O Nelson Mandela Music Tribute reuniu 40 mil pessoas em Matosinhos, para celebrar o 100.º aniversário do nascimento do histórico líder sul-africano. A segunda edição decorre em julho de 2019.

STR/EPA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O Nelson Mandela Music Tribute reuniu 40 mil pessoas em Matosinhos, para celebrar o 100.º aniversário do nascimento do histórico líder sul-africano, anunciou este sábado a organização, indicando que a segunda edição decorrerá em julho de 2019.

Promovido pela Score Music e apoiado pelo Município de Matosinhos e pela Embaixada da África do Sul, o tributo solidário a Nelson Rolihlahla Mandela decorreu durante três dias — entre quarta e sexta-feira — na Praia do Aterro, em Matosinhos, e a segunda edição decorrerá nas mesmas datas, em 18, 19 e 20 de julho.

Sob o mote “Take Action/Inspire Change/Make Every Day/Mandela Day” (“Agir/Inspirar Mudança/Fazer Cada Dia/Dia Mandela”, em tradução livre), o evento contou com vários artistas nacionais e internacionais como Steven Tyler, Bob Geldof, Martin Garrix, Rui Veloso, Jimmy P, Kaiser Chiefs, Pablo Alboran, Gabriel O Pensador, KURA, Calema, Youssou N’Dour, o Soweto Gospel Choir e Pablo Milanés, entre outros.

A receita desta homenagem musical a Mandela será entregue a instituições sociais, de acordo com a organização, cujo promotor, Telmo Fernandes, indicou que houve “muitas reações positivas do público, artistas e de todos os que participaram neste projeto.

Acrescenta, em comunicado, estarem “reunidas as condições para avançar com a segunda edição, que continuará a contar com uma forte componente solidária”.

No recinto do Nelson Mandela Music Tribute, o público contou ainda com algumas experiências que recriaram a vida de Mandela e os seus ‘hobbies’ durante os anos em que esteve preso, como o boxe, tendo sido um praticante desta modalidade e um estudioso da ciência dos seus movimentos.

A organização recorda ainda que a agricultura, através da plantação de uma horta, foi um dos seus principais escapes dentro dos muros da prisão em Robben Island, e a costura como meio de tornar mais quente e confortável o uniforme prisional, bem como o jogo de damas com outros companheiros de prisão.

O ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela, morreu em 05 de dezembro de 2013, aos 95 anos, depois de uma vida dedicada à luta contra a discriminação racial e contra as injustiças sobre a população negra.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)