O Reino Unido vai condicionar o pagamento da fatura de 39 mil milhões de libras (43,8 mil milhões de euros) a Bruxelas à assinatura do acordo comercial com a União Europeia (UE), disse o novo ministro do ‘Brexit’.

A declaração de Dominic Raab foi feita durante uma entrevista publicada este domingo pelo jornal britânico Daily Telegraph.

O pagamento será realizado se a UE “cumprir a sua parte do acordo”, afirmou.

O governante sublinhou que o Artigo 50, o mecanismo de saída acionado pelo Reino Unido, exige tanto um acordo sobre o ‘divórcio’ com a UE, como um acordo comercial.

“O Artigo 50 exige que, ao negociarmos o acordo de saída, haja um enquadramento futuro sobre o nosso novo relacionamento, o que significa que os dois estão ligados”, disse.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Dominic Raab foi promovido no início de julho de secretário de Estado da Habitação para ministro responsável pelo ‘Brexit’, substituindo David Davis.

Raab, de 44 anos e advogado de profissão antes de ser eleito deputado em 2010, foi um proeminente defensor da saída do Reino Unido da UE durante o referendo de 2016.