A atriz britânica Vanessa Redgrave vai receber o Leão de Ouro pela carreira no 75.º Festival Internacional de Cinema de Veneza, anunciou esta terça-feira a organização.

Em comunicado, o festival explicou que a decisão foi tomada pelo Conselho de Diretores da Bienal de Veneza, presidido por Paolo Baratta, sob recomendação do diretor do Festival de Cinema de Veneza, Alberto Barbera.

Estou surpreendida e especialmente satisfeita por saber que serei premiada no Festival de Cinema de Veneza pela minha carreira cinematográfica”, disse a atriz, que venceu em 1966 e 1969 os prémios de melhor atriz do Festival de Cannes, com os filmes “Morgan — Um Caso para Tratamento” e “Isadora”, respetivamente.

Barbera declarou que Vanessa Redgrave é “considerada uma das melhores atrizes dos dias de hoje”, explicando que “as performances sensíveis e infinitamente facetadas de Redgrave criam personagens complexas e muitas vezes controversas”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Este é o segundo Leão de Ouro de carreira a ser anunciado para o 75.º Festival de Cinema de Veneza, depois do anúncio da atribuição ao diretor David Cronenberg.

A cada ano, La Biennale atribui dois Leões de Ouro para a Realização da Vida no Festival de Veneza: o primeiro é concedido a um realizador, o segundo a um intérprete.

Nascida em 1937, a atriz estreou-se em cinema em 1958 com o filme “Por detrás da máscara”, de Brian Desmond Hurst, e participa em televisão desde 1962. A 75.ª edição do Festival de Cinema de Veneza decorre de 29 de agosto a 8 de setembro.