Recebeu luz verde o camião amarelo da Renault Trucks. A cor – o emblemático amarelo Sirius da Renault Sport Racing e dos seus carros de Fórmula 1 – não deixa margens para dúvidas que este projecto contou com o envolvimento da divisão francesa vocacionada para a performance. Por isso, o T High Sport Racing não será um pesado qualquer. Desde logo, porque procura “confundir-se” com um desportivo. São disso exemplo pormenores como o axadrezado preto brilhante, as tampas de retrovisores com pintura no tom da carroçaria em preto brilhante, as jantes em aço e tampões de roda em amarelo, o deflector de tejadilho no tom da carroçaria com losango preto brilhante e a grelha frontal preta.

Mas se por fora o camião mais parece um F1 em ponto grande, por dentro segue a mesma filosofia. Os bancos Recaro são em couro preto com pespontos a amarelo, com o volante acontece o mesmo, e nem sequer foram esquecidos os cintos de segurança com protecção de ombro amarela. Os acabamentos interiores passam ainda pelo revestimento das portas com acabamentos amarelos e pretos e tapete com logótipo a amarelo, sem esquecer o visor principal a exibir a marca Renault Sport Racing.

Mais importante é o que move este ‘monstro’: um motor de 13 litros (DTI 13) de 520 cv, acoplado a uma caixa de 12 velocidades robotizada Optidriver, uma referência tecnológica na indústria de veículos pesados. Quanto tempo demora a chegar aos 100 (km/h) não foi divulgado, mas é já certo que não passa dos 99. Este é o número de exemplares previsto para esta série limitada destinada ao circuito da camionagem, por um valor que (também) não foi revelado.

Cada unidade vai ter uma placa de identificação numerada, certificando assim que se trata de uma edição especial, que será produzida na fábrica de Bourg-en-Bresse, França.