Espanha

Desemprego em Espanha foi de 15,28% no final do segundo trimestre de 2018

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol, o número de pessoas com trabalho subiu 469.900 no segundo trimestre do ano, o que significa um aumento "histórico".

Javier Lizon/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A taxa de desemprego espanhola no final do segundo trimestre de 2018 foi de 15,28%, o que representa uma diminuição de 1,46 pontos percentuais durante o período, havendo agora menos 306.000 pessoas sem trabalho num total de 3.490.100.

Segundo o Inquérito à População Ativa publicado esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol, o número de pessoas com trabalho subiu 469.900 no segundo trimestre do ano, o que significa um aumento “histórico” que leva o número de pessoas ocupadas para 19,3 milhões, o número mais elevado desde finais de 2008.

Como o número de pessoas ocupadas aumentou mais do que diminuíram os desempregados, a população ativa (pessoas que trabalham ou procuram emprego) cresceu em 163.900, para 22.834.200, com a taxa de atividade a alcançar os 58,8%.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)