Entre as crianças a dançar, no hospital com os médicos e a falar sobre temas como educação e saúde e até com o presidente do Malawi. É assim que Madonna tem passado as últimas semanas. A cantora viajou até àquele país africano com os seis filhos — Lourdes, Rocco, David, Mercy, Estere e Stelle — e tem documentado a viagem na sua conta de Instagram.

O último vídeo foi publicado na quarta-feira: “Estou aqui com a minha família, com os meus filhos, porque as crianças aqui são a nossa família alargada, pensamos em vocês como uma família alargada”, disse a cantora, acrescentando que o objetivo, ao estar ali, é “garantir a educação continuada, saúde, bem-estar, amor e proteção de todas as crianças“.

Mas Madonna também esteve com o presidente do Malawi, Peter Mutharika, com quem discutiu a vulnerabilidade das crianças, a educação, saúde e até as equipas de futebol. “Muito grata ao presidente do Malawi pelo seu apoio“, escreveu Madonna na legenda de uma fotografia que tirou com ele.

A visita da cantora ao país deveu-se à celebração do primeiro aniversário do hospital pediátrico Mercy James, que a sua fundação ajudou a erguer o ano passado. Por esta razão, têm sido recorrentes as fotografias e vídeos em que aparece precisamente no hospital, acompanhada por médicos e enfermeiros.

A par de várias fotografias onde surge ao pé de pacientes e de outra, onde explica que só durante este ano se realizaram ali 1.639 cirurgias, há um vídeo mais divertido. Madonna aparece a dançar em pleno hospital e escreve na descrição que está a ensinar o Dr. Borgstein a ser “feroz” na Unidade de Cuidados Continuados.

A cantora está empenhada em dar às crianças do Malawi aquilo de que precisam para terem uma vida melhor. Madonna tem lutado por mais conhecimento entre os jovens em áreas como os direitos humanos e igualdade de género. Em 2006 criou a fundação Raising Malawi que ajuda crianças órfãs e desfavorecidas em diversas áreas. No total, a fundação já construiu 14 escolas em zonas rurais e ajudou quase 10 mil estudantes.