A Netflix quer dar continuidade à série “Master of None”, criada por Aziz Ansari e Alan Yang, lê-se na revista The Cut. O anúncio foi feito pela vice-presidente de séries originais da plataforma, Cindy Hollande, durante um painel da Television Critics Association, no domingo.

Certamente pensámos no assunto e ficaríamos felizes de fazer outra temporada da série “Master of None”, assim que Aziz estiver pronto”, afirmou Cindy Hollande, sublinhando que ainda não falou com o ator sobre o assunto.

Depois da segunda temporada, Aziz Ansari, que também faz parte do elenco da série, disse à imprensa não ter a certeza sobre as próximas temporadas. Em janeiro, já depois de ter ganhado o Globo de Ouro para Melhor Ator, foi acusado de abuso sexual, depois de ter aparecido na cerimónia com o pin de apoio ao movimento #MeToo, que luta contra o assédio sexual.

Recorde-se que, recentemente, a empresa também teve de lidar com as acusações de assédio e abuso sexual contra o ator Kevin Spacey, o protagonista de “House of Cards”. Quando questionada sobre o ambiente de trabalho, a vice-presidente garantiu que a prioridade da empresa é “garantir que todos os envolvidos estejam seguros, felizes e saudáveis”.

“Os acontecimentos do ano passado criaram ainda mais consciencialização sobre possíveis problemas que possam acontecer no meio”, concluiu, referindo-se ao escândalo sexual de Hollywood, que foi desencadeado pelas acusações contra o produtor norte-americano Harvey Weinstein.