O Paris Saint-Germain estreou-se esta segunda-feira a vencer na Internacional Champions Cup, por 3-2, frente ao Atlético de Madrid, um triunfo nos alcançado nos descontos, num jogo disputado em Singapura ainda sem as maiores ‘estrelas’ dos dois emblemas.

Devido à participação no Mundial2018 da Rússia, que a França venceu, faltaram boa parte dos internacionais dos dois conjuntos, pelo que Mbapé, Cavani e Neymar foram as grandes ausências dos gauleses, enquanto nos espanhóis ainda não jogaram, entre outros, Griezmann e o reforço português Gelson Martins.

Num desafio em que tiveram mais posse de bola, os campeões franceses impuseram-se com golos dos jovens avançados Christopher Nkunku (32), Moussa Diaby (71) e Virgiliu Postola (90+2). Os ‘colchoneros’ ainda recuperaram de desvantagem de dois golos com tentos dos também jovens médios Victor Mollejo (76) e autogolo de Antoine Bernede (86), mas acabaram por ‘cair’ já na compensação.

O Paris Saint-Germain, que sábado disputa a Supertaça de França com o Mónaco, de Leonardo Jardim, tinha perdido 3-1 com o Bayern Munique e 5-1 com o Arsenal. O Atlético de Madrid, que tinha empatado 1-1 com o Arsenal, e ainda vai defrontar o Inter de Milão, preparando assim a Supertaça de Espanha com o Real Madrid, a 15 de agosto.

A competição conta igualmente com o Benfica, que empatou 2-2 com o Borussia Dortmund e 1-1 com a Juventus, vencendo os primeiros no desempate por grandes penalidades e perdendo com os segundos. Os ‘encarnados’ defrontam agora o Lyon na quarta-feira no Algarve, em jogo novamente da Internacional Champions Cup, mas também da Eusébio Cup.