Séries

Criadores de “24” estão a preparar uma prequela da série com um Jack Bauer mais novo

Como é que a personagem da série "24" se tornou o maior inimigo dos terroristas? A resposta pode chegar numa nova série sobre as origens de Jack Bauer. O ator Kiefer Sutherland está fora do elenco.

Fox

A notícia está a entusiasmar a imprensa norte-americana e muitos fãs da série “24”, um dos maiores casos de popularidade entre as séries de ação dos últimos anos. Segundo a revista Variety, os criadores da série Robert Cochran e Joel Surnow estão a trabalhar com o argumentista de “24”, Howard Gordon, numa prequela que antecede as aventuras policiais do agente Jack Bauer. A nova série está “em fase inicial de desenvolvimento” e deverá focar-se nas origens do protagonista. Kiefer Sutherland, que interpretou o papel de Bauer em “24”, estará fora do elenco, acrescenta a Variety citando fontes próximas do projeto.

Ainda não há confirmação de quando é que a prequela será exibida ou sequer se chegará ao público. Confirmando-se a chegada à televisão, seria a terceira série inspirada no enredo e personagens de “24” a ser exibida, depois de “24: Legacy” e da minissérie “24: Live Another Day”. Os rumores relativos a esta nova prequela, contudo, têm suscitado maior entusiasmo do que o que causou “24: Legacy”, até porque, ao contrário desta série, que durou apenas uma temporada, o núcleo duro que concebeu a popular série de ação está diretamente envolvido no novo projeto.

A publicação norte-americana Indie Wire dá mais pormenores, referindo que a prequela “acompanha um jovem Jack Bauer enquanto ele entra no mundo das unidades policiais anti-terrorismo” e que a primeira temporada da nova série não terá, ao contrário da série original, 24 episódios.

[Algumas das melhores cenas do protagonista de “24”, Jack Bauer, interpretado pelo ator Kiefer Sutherland:]

Ainda segundo a Indie Wire, além desta prequela há uma outra série inspirada na estrutura narrativa de “24” em desenvolvimento, sobre uma procuradora judicial norte-americana que tem um período de tempo limitado (possivelmente, 24 horas) para salvar um inocente condenado à morte pelos tribunais. Nessa série, está envolvido pelo menos o argumentista e produtor de “The Killing”, Jeremy Doner, mas não está descartada a possibilidade dos criadores de “24” colaborarem no projeto.

Neste momento, qualquer uma das duas séries pode ou não chegar à televisão. Além de “24”, a produtora Fox já deu continuidade a outras séries antigas como “Prison Break” e “Ficheiros Secretos”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: gcorreia@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)