Dark Mode 134kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Facebook e Instagram vão revelar quanto tempo gasta nas aplicações

Já quis saber quanto tempo por dia passar nas redes sociais? As aplicações do Facebook e do Instagram vão ter um contador que lhe vai dizer quanto tempo despende em cada uma.

i

Um utilizador passou, em média, 135 minutos por dia de redes sociais em 2017, segundo a Statista

Facebook

Um utilizador passou, em média, 135 minutos por dia de redes sociais em 2017, segundo a Statista

Facebook

As redes sociais podem consumir bastante tempo sem percebermos. “Vou só ver como está aquilo que partilhei”. Cinco minutos depois, “deixa só responder àquela fotografia”. No final do dia todos estes “pequenos momentos” acumulados podem chegar a horas. A partir desta quarta-feira, é isso que as aplicações do Facebook e do Instagram vão contar — e querem mostrar.

A funcionalidade anunciada pelo Facebook em conferência telefónica com jornalistas, na qual o Observador participou, segue as tendências anunciadas pela Apple e a Google que, em próximas versões dos seus sistemas operativos móveis, vão disponibilizar os mesmos dados. No final, o objetivo é o mesmo: tornar os utilizadores mais conscientes do tempo que despendem com as apps e aparelhos eletrónicos.

Apple: próximo iOS quer combater vício de iPhones

Como explicou Ameet Ranadive, Diretor de Bem-Estar de Produto do Instagram, a mudança surge também porque do “lado do Facebook têm sido feitas várias mudanças no Feed de notícias para tornar mais fácil para as pessoas construírem relações e reduzirem o consumo passivo de conteúdo com pouca quantidade”.

A justificação do consumo passivo é a mesma que Mark Zuckerberg, fundador e presidente executivo da empresa que detém as redes sociais, deu no Congresso americano na audição após a divulgação do caso Cambridge Analytica. Segundo o americano, o problema nas redes sociais é o consumo passivo, sem interações. Ou seja, se não partilhar fotografias ou fizer comentários e utilizar as redes sociais apenas como um mirone, a gratificação retirada pela utilização das redes sociais não é benéfica, diz o empresário.

O principal objetivo, disse Ranadive aos jornalistas, é dar aos utilizadores mais informação sobre o tempo que despendem na aplicação. A longo prazo, e depois de ver como os usuários vão receber estas funcionalidade, o Facebook espera “evoluir” a ferramenta para, eventualmente, permitir controlo parental nas aplicações (consolas de jogos, como a Nintendo Switch têm já ferramentas neste âmbito para os pais porem contadores no tempo de jogos para os filhos).

Mas como é que funcionam estas novas funcionalidades?

Na secção de definições na página principal do perfil vai passar a existir uma subsecção que diz “a tua atividade” onde vai ser possível ver a média diária de tempo gasto na aplicação na última semana e, abaixo, um gráfico que mostra quanto tempo foi gasto em cada dia na rede social pela app.

via GIPHY

Uma demonstração de como vai passar a ser possível ver o tempo despendido na aplicação do Facebook

Noutra opção nesta subsecção passa a ser também possível inserir uma notificação diária quando se atinge o limite diário definido para se utilizar a aplicação surgir um aviso para o utilizador. Por fim nestas novidades, surge a opção que permite bloquear as notificações (como no modo não incomodor no iOS ou no Android) das aplicações por tempo determinado pelo utilizador. Se a tentação foi grande e o utilizador entrar nas apps, as notificações voltam a aparecer, mas só se a app estiver ligada.

Uma imagem da funcionalidade das notificações na aplicação do Instagram

“Estamos a introduzir este conjunto de ferramentas para ajudar as pessoas a gerirem o tempo que passam na plataforma”, explica Ameet Ranadive. A nova funcionalidade começa a ser implementada esta quarta-feira em alguns países, não foi especificado se Portugal é já um deles, e “nas próximas semanas” vai ficar disponível para todos os utilizadores.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.